Quem sou eu

Minha foto
Fábio e Verônica, Verônica e Fábio. Um escritor e uma musicista, pelo menos aspirantes a isso rsrs! Amantes das letras, dos sons e de tudo que é arte! Amigos acima de tudo! Fizemos esse cantinho para dividir nossas idéias e ideais aos olhos da Net!

domingo, 30 de março de 2008

Colunista - Fábio Nunes de Moura

Sete Pecados...ou Treze?

Bom, venho hoje refletir um pouco sobre os antigos pecados capitais e me revoltar um pouco quanto aos novos. É, NOVOS sim! Novinhos em folha. O Papa acaba de declarar mais SEIS novos pecados capitais.
Bom, os antigos eram: gula, luxúria, avareza, ira, soberba, vaidade e preguiça. Quanto a esses eu sempre soube que eram pecados, mas nunca parei para pensar que faziam parte dos dogmas da igreja, nem que a igreja que os tinha instituído, embora pudesse imaginar. Mas o caso é que nunca fui a uma missa que pregasse contra qualquer um desses pecados, não lembro de nunca ter ouvido qualquer padre em parte alguma proibir qualquer desses pecados e sequer a Bíblia os cita. Sendo que eu pensava assim: os sete pecados capitais, se parar para pensar, são praticamente impossíveis de se escapar e alguns deles como a gula e a preguiça nada mais são do que referências a excessos relacionados com coisas que gostamos de fazer, no caso a gula seria o querer comer demais e a preguiça o “descansar demais” e esses excessos acarretariam pequenos danos apenas para quem abusasse, no caso da gula uma dor de estômago e no da preguiça seria “o deixar de fazer algo importante”. Até aí tudo bem, afinal todo mundo é humano e acaba se “irando” as vezes.
O problema é que agora o papa Bento XVI instituiu nada mais do que seis pecados capitais, além dos sete antigos que continuam vigentes. São eles: Fazer modificação genética, poluir o meio ambiente, causar injustiça social, causar pobreza, tornar-se extremamente rico, usar drogas. Vamos a alguns comentários: Quanto a fazer modificação genética (que tipo de modificações está inclusas?), isso tudo parece apenas para deixar ainda mais claro que a igreja é contra as pesquisas com embriões e células-tronco e pronto. Talvez porque o pontífice tenha cansado de falar sobre isso, assim fica falado de uma vez por todas. Certo, OK que ecologia é uma medida a ser tomada nesses “novos tempos”, mas de que adianta a igreja declarar que é contra isso? O Vaticano vai fazer uma outra inquisição e queimar os poluidores? Pobre EUA... O papa que me desculpe, mas eu pretendo ficar rico, mas, com aquelas igrejas todas douradas lá no Vaticano mesmo, e, considerando que o Papa deve ser “razoavelmente” bem de vida, acho que podemos citá-lo como pecador e quanto a gerar pobreza, será que a tão rica igreja católica não gera pobreza? Vendo pelo ponto de vista de que se ela tem muito é porque outros têm pouco? Isso também pode ser considerado injustiça social, sem citar a inquisição que se enquadraria em no mínimo três desses pecados. Garanto que umas belas doações do Papa diminuiriam uma boa parcela de pobreza... Hellooo, só agora o Vaticano percebeu que drogas fazem mal? Agora isso de por elas como pecado é pior que uma campanha anti-drogas mal feita. É capaz de fazer o efeito contrário.
Não adianta, esse Papa foi, é e acho que será sempre mais impopular que o anterior, acho que não é assim que ele vai conseguir o retorno dos fiéis que cada vez mais migram para a igreja evangélica. Em suma, agora que está gritado aos quatro ventos e declarado irrevogavelmente o que podemos ou não fazer, resta-nos chorar... Se não for pecado...


Agradecimento a Fábio Nunes de Moura pela sua contribuição. Nota expressa sua opinião. (escrito em 12/03/2008).

4 comentários:

Giza disse...

Fabio você já reparou a inscrição no trono de ouro do papa "EIS AQUI O FILHO DE DEUS" em latin é claro, ou será que o PAPA vai doar um garfo ou qualquer peça do seu jogo de jantar todo de ouro, acredito em Deus sim, mas naqueles que dizem ter a permissão para levar a palavra dele no lugar dele, hummmmmmmmmm, ai complica, acho que cada ser humano teria sim que achar sua propria crênça, pois até a bíblia tem seus prol e contra, afinal quem escreveu ela não foi jesus e sim seus discipulos, discipulos de seus discipulos e assim por diante,,,,,,,,,, não sou atéia, eu acho, mas tenho muitas duvidas do que é certo e errado????
Inté

Bianca Rieth disse...

Pois é, alguns pecados já faem parte de nosso cotidiano, nos sentiamos irados de vez em quando, a preguiça já faz parte, a luxuria, entre outros.
Estes novos pecados, só fazem o afastamento da crença, pois se pensarmos bem a própria Igreja Católica já cometeu muitos pecados, a inquisição é um exemplo.
Só sei que não gosto desse papa, tenho saudades do João Paulo II

muito bom o texto ;)

Leandro Luz disse...

Te cuida velho, escrever contra a Igreja Romana também é pecado !!!

Absurdo isso né??? Serás q aquela velharada acha q, por exemplo, vão cessar todas as pesquisas genéticas só porque agora é pecado ??

Abraço

Desarranjo Sintético disse...

A igreja em vez de ajudar a sociedade ela controla através do medo, no qual atualmente nem está em alta. O Papa novo que me desculpe mas tem outras coisas mais importantes a serem ditas e feitas pelo Vaticano.

Bjoksssssss

Verônica Elias

Desarranjo Sintético

Desarranjo Sintético
"Era um grande nome — ora que dúvida! Uma verdadeira glória. Um dia adoeceu, morreu, virou rua... E continuaram a pisar em cima dele." Mario Quintana