Quem sou eu

Minha foto
Fábio e Verônica, Verônica e Fábio. Um escritor e uma musicista, pelo menos aspirantes a isso rsrs! Amantes das letras, dos sons e de tudo que é arte! Amigos acima de tudo! Fizemos esse cantinho para dividir nossas idéias e ideais aos olhos da Net!

domingo, 16 de maio de 2010

Fotos do show da banda AMITIS...






... em Porto Alegre dia 15.05.2010.

Mais fotos no blog do batera http://cauduroalexandre.wordpress.com/2010/05/17/amitis-acustico-em-porto-alegre/#respond

9 comentários:

Autor disse...

Que vontade de sair com vcs, hehehe
Bjos

zeli silva disse...

Oi me sinto orgulhosa de ser amiga d um pessoal tão inteligente.

Alexandre Cauduro disse...

Valeu, por divulgar o meu blog...

Com diz o Bibo Nunes:
" A banda Amitis é Sucessooo "
Logo mais Show...

Grande abraço

Mauri disse...

Oi Veronica, bem-vinda á minha vida urbana =)

Muito bacana teu blog.

Bjo grande.

Dama de Cinzas disse...

E olha que eu estava aí em Porto Alegre! rsrs... E o Fábio comentou sobre o show, mas eu estava operada e não deu pra ir! Pena, mas quero voltar aí em condições melhores! E quem sabe eu assisto o show!

Beijocas

Edilson disse...

Oi, desculpe a demora. Minha vida é corrida, como a da maioria, então só consegui chegar aqui agora, mas não sem tempo de dizer q fiquei mto feliz com os elogios q teceram em relação ao meu blog e dizer tb q fiquei mto feliz em vistitá-los. Assim q eu tiver um tempinho, venho com mais calma, ok? Bj e linda semana pra vcs.

Jéssika disse...

Olá!
Passando para retribuir a visita e agradecer os comentários!
rs
Gostei muito do blog, pena não tê-lo visto antes!
Espero algum dia, poder ouvir a banda! rs

Grandes Beijos

Minha Mini Biblioteca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Veronica disse...

Obrigada!

Adorei seu blog também! :)

Peço com gentileza que siga o meu blog, obrigada.

Beijos Veronica Garcia. :)

Peço que entre no meu outro blog minhaminibiblioteca.blogspot.com.

Desde já agradeço.

Desarranjo Sintético

Desarranjo Sintético
"Era um grande nome — ora que dúvida! Uma verdadeira glória. Um dia adoeceu, morreu, virou rua... E continuaram a pisar em cima dele." Mario Quintana