Quem sou eu

Minha foto
Fábio e Verônica, Verônica e Fábio. Um escritor e uma musicista, pelo menos aspirantes a isso rsrs! Amantes das letras, dos sons e de tudo que é arte! Amigos acima de tudo! Fizemos esse cantinho para dividir nossas idéias e ideais aos olhos da Net!

segunda-feira, 30 de junho de 2008

Vlad III indígena?

Mais uma vez o noticiário é uma coleção de desgraças, mortes e atrocidades veiculadas para todo o mundo através de uma telinha que cada vez menos dá vontade de olhar, porque é deprimente, porque faz com que a esperança se esvaia por entre os dedos e nos deixe com uma sensação de agonia em vida. Como mortos-vivos. Só que supostamente, zumbis são ficção e o que aparece nos noticiários é a vida real, parece surreal e gostaríamos que fosse irreal. É triste ver milhares e milhares de vida deixando o mundo das maneiras mais cruéis e sanguinolentas que existem. Tem dias, talvez até a maioria dos dias, que a mídia foca mais desastres do que realizações positivas.
Dessa vez não foi diferente, fiquei horrorizado com o a morte da índia Xavante de 16 anos Jaiya Pewewiio Tfiruipi, que estava em Brasília se tratando em um hospital da CASAI (Centro de Apoio à Saúde Indígena). Vocês podem até pensar que mortes assim são comuns, acontecem todo o tempo. E eu concordaria, afinal nosso olhar está ficando acostumado com tanta miséria humana sem limites, mas o caso dessa índia me chamou atenção pelo fato de ela ter sido EMPALADA! Sim! Empalar significa colocar/enfiar um objeto perfurante no corpo normalmente (não necessariamente, pois pode variar) em uma parte do corpo e sair por outra. No caso, pelo que ouvi colocaram um objeto (não lembro ou não falaram qual) pelos órgãos genitais da menina que perfurou dois ou três órgãos internos, como estômago e baço. O detalhe é: a indiazinha andava de cadeira de rodas a anos por causa de seqüelas da meningite e também não falava, ou seja, era totalmente inofensiva e desconfia-se que o crime fora cometido dentro da tal CASAI. Não é brutalidade demais? Que causas teria quem quer que fosse para estuprar (sim porque ela também foi estuprada), e depois empalar tal qual Vlad III ou Vlad Tepes (no popular conhecido como Vlad Drácula – e foi nesse governante do Império Otomano que o Sr. Stocker baseou seu “conde Drácula”), uma menina-índia indefesa? Vlad III realmente existiu, e tinha “sede” de sangue, matava e empalava todos os inimigos. Mas a pessoa que fez isso deveria ser punida por essa atrocidade. Não há o que justifique. É muita maldade gratuita.
Fico feliz que a polícia federal esteja investigando ocaso, quem sabe assim a coisa ande, e hoje ouvi no rádio que o senador Paulo Paim está divulgando que quer justiça para esta causa, porque pelo menos assim o assunto não morre nos confins de uma gaveta de arquivo de processos judiciais como é costumeiro.
Eu também não entendo porque a mídia deu tão pouco espaço para o caso, foram segundos, só para informar, e certamente desaparecerá com o vento em poucos dias. Só porque era índia? Só porque não era de classe média-alta? Só porque a mídia quer? Onde estão os jornalistas subversivos? Isso é uma outra triste realidade. Por isso a TV aberta está como está.
Meu protesto eterno é a educação, o bom e velho “desligue a TV e vá ler um livro”.



Agradecimento a Fábio Nunes de Moura pela sua contribuição.
Nota expressa sua opinião. (Escrito em 29 e 30/06/2008).






14 comentários:

Mary West disse...

Atrocidade mesmo, não há palavras p/ descrever como algo monstruoso pode ser feito assim, debaixo do nariz da nossa sociedade. Vergonha cara, vergonha de ser humana nessas horas.

Dama de Cinzas disse...

Bobo, eu li seu post primeiro que a Mary, mas eu estava de saída e deixei pra comentar quando voltasse... (língua pra vc) ahahaha

Bem... Essas monstruosidades são incompreensíveis mesmo. O que me chateia é que a mídia pega casos como da Isabella, e faz um estardalhaço, que chegou a enjoar, enquanto que isso que aconteceu ao meu ver é mais brutal, desumano e simplesmente não dispensa interesse, exatamente porque é índia, assim como os homossexuais são mortos e espancados, apenas por ter um desejo sexual diferente da maioria e ninguém sabe. Por essas e outras que prefiro não ver esses noticiários da TV aberta... me enoja...

Beijos (da revoltada) ahahaha!! Mas que gosta muito de ti! (smack)

Super Nada disse...

Sei lá, muita coisa ficou mal contada nessa história. Não estou acompanhando o caso de forma direta, mas pelo pouco que tenho lido por ai, vi que não existe muita certeza e nada. Mas que é degradante qualquer tipo de crime, isso não posso negar. Porém acredito que nada mais me assusta em relação ao ser humano e suas taras.

Raquel Verardi disse...

Quanto tu fala em atrocidade eu concordo plenamente contigo.
Eu praticamente fui às lágrimas com essa notícia.
Mas assim, não acho que a mídia esteja pecando nesse caso.
Acho sim que existe uma tentativa de gritar e dizer: vamos olhar para o lado, não vamos tratar mais esse crime bárbaro como se fosse algo natural.
Tenho ouvido falar e lido muito sobre esse assunto na mídia, acho que resta cada um fazer sua parte.

camila disse...

NOssa é revoltante! O pior (como vc disse)é que nem foi tão divilgado na mídia! E imagino que deve acontecer outros casos e ninguem ficar sabendo!
TRiste demais.
=/

camila disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Favaro disse...

Fudição viu.
Infelizmente televisão leva em conta o que acerta o consumidor de classe media então menininhas brancas atiradas da janela falam mais do que índias.

Vergonha de ser humano (2)

Lomyne disse...

Nossa, isso doeu só de ler... Mas vai ver é só mais uma prova de que o mal do mundo são as pessoas...

Nina 512 disse...

Vergonha de ser humano (3) =(






obrigada pela visita viu?! ^^
eu tb amo³³³³³³ verde
e engraçado
nunca tive um lay verde o.Õ

haha

^^

bjooo

Dama de Cinzas disse...

Beijocas de afinidade! A gente sempre pensando parecido...

Smack

~*Raíssa Sant'Anna*~ disse...

Não soube deste caso...
Se vi na TV, realmente não me recordo..
Ultimamente nem dá masi vontade de ver jornais..
Tds os dias várias pessoas morrem, casos e mais casos de pedofilia, assassinatos, estupros e casos e mais casos de violência...
O mundo realmente está perdido.. Não levanto a bandeira de que se tds se unirem e fizerem o melhor as coisas mudam...
O mal não é só daqueles que aparecem na TV como réus. O mal está impregnado na humanidade e é como mancha velha em tecido branco.
Cada um deve fazer o mlehor de si, para si e para quem ama, se proteger e crer em Deus.

Grande beijo

~*Raíssa Sant'Anna*~ disse...

Mais uma coisa:
Adorei o coméntário da dama de cinzas.
Aprovado!

Nao tem Sentido disse...

Acho q a mídia cumpriu seu papel, ao divulgar a informação... so nao pode é exagerar, como no caso Isabella.

Abraços

Nina 512 disse...

acabaram-se os posts?
=(

Desarranjo Sintético

Desarranjo Sintético
"Era um grande nome — ora que dúvida! Uma verdadeira glória. Um dia adoeceu, morreu, virou rua... E continuaram a pisar em cima dele." Mario Quintana