Quem sou eu

Minha foto
Fábio e Verônica, Verônica e Fábio. Um escritor e uma musicista, pelo menos aspirantes a isso rsrs! Amantes das letras, dos sons e de tudo que é arte! Amigos acima de tudo! Fizemos esse cantinho para dividir nossas idéias e ideais aos olhos da Net!

sábado, 7 de junho de 2008

A Lotação das Lotações

Toda manhã eu pego uma lotação para ir até o trem, para ir para o trabalho. Eu observei que antes da roleta que tem do lado do motorista (aqui se entra pela frente, se paga para o motorista, e se passa a roleta para sentar), ou seja, no espaço entre as escadas e a parte que separa o motorista das pessoas, estavam ficando de 4 a 5 pessoas (inclusive eu) espremidas, de pé, e correndo o risco de voar pelo vidro frontal caso a lotação desse uma guinada brusca, ou seja, na total insegurança. E, além disso, eu tinha que acordar mais cedo porque senão a próxima só vinha depois de 20 minutos, eu disse 20! 20 é absurdo, tudo bem que eu não moro na capital, mas qualquer 5 minutos de sono a mais para mim faz diferença, dizem que cada pessoa tem uma necessidade de sono diferente das outras, algumas se satisfazem com 10, 8, 6, e até míseras 4 horas de sono, inclusive li em algum lugar que Einstein precisava de 10 horinhas de sono, e pelo que me consta, eu sou que nem ele, então eu repito que 20 minutos de intervalo sendo que minha cidade tem uma empresa de ônibus própria que faz transporte de dentro para dentro da cidade e para fora e ainda comprou o Associação das Auto-Lotações, ou seja, é um total monopólio viário e por isso eles abusam.
Mas eu não reclamo apenas por causa de ter que dormir uns minutinhos a menos, eu reclamo porque eu vi que os intervalos diminuíram (passei a acordar e a sair minutos mais tarde!) mas a super-lotação continuou, ou seja, até 4 pessoas na parte da frente, ao lado do motora. E mais, a queridíssima prefeita acaba de fazer um escarcéu, com direito a desfile e carro de polícia porque inaugurou uma “nova frota” de microônibus. E adivinhem? Sim, continuam com o mesmo problema de superlotação. Vai dizer que não é descaso? Isso não podia acontecer de jeito nenhum, seria bom que viessem nesses horários de pico lotações em intervalos menores para não deixar as pessoas correndo risco.
Fico pensando se aqui é assim, como deve ser então em São Paulo, e na China então? E para suprir com soluções inteligentes e eficientes todo o povo nem sempre é fácil. De qualquer forma acho que a segurança do transporte público é uma coisa que deveria ser levada muito a sério. Ainda mais depois do que aconteceu no metrô em São Paulo que foi uma vergonha, toda aquela gente, idosos e crianças descerem nos trilhos e andarem até a próxima estação. Porque aquilo também tem a ver com segurança, porque o trem apenas parou, mas certamente por problemas de manutenção ou algo semelhante, o que quer dizer que dos males o menor, porque como parou podia der saído dos trilhos, ou coisa pior.
Bom, acho que era isso, como já diz o velho ditado: “Quem cedo madruga...não pega ônibus lotado”...ou será que mesmo assim pega?


Agradecimento a Fábio Nunes de Moura pela sua contribuição.
Nota expressa sua opinião. (Escrito em 07 e 08/06/2008).

12 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Realmente nenhum ser humano merece essas tristezas da locomoção até chegar ao trabalho...

Por muito anos tive que enfrentar uma fila horrível, porque ganhava muito pouco e só podia pegar um ônibus até meu trabalho, ele demorava, tinha brigas na fila e depois que a gente entrava mal conseguia respirar de tão cheio.

Graças a Deus esse tempo passou e hoje trabalho tão perto da minha casa que dá para ir andando. E todo dia agradeço aos céus por isso!

Beijos

Dama de Cinzas disse...

Realmente é impressionante como temos afinidades, como pensamos parecido. Às vezes vc usa frases que normalmente uso.

Se vc não gosta de futebol ganha muitos pontos comigo. Gosto tb de Vôlei, um dias entrei numa quadra e não queria mais sair... ahahah

É realmente uma pena não morarmos mais perto, nem sempre a vida nos presenteia colocando próximo pessoas que pensam como nós. Especialmente na minha vida parece que é o contrário, sou cercada de pessoas que nada tem a ver comigo... rs

Seu comentário tão legal me deu um ânimo novo lá no blog. Às vezes umas pessoas pegam certas coisas que escrevemos distorcem tudo e ficam meio que agredindo a gente, essa é a parte chata de ter blog. A parte boa é encontrar pessoas como vc, que entendem o que escrevemos, podem concordar, discordar, mas entendem!

Olha, vou deixar vc curioso mais um tempo... eheheh... Sou avisada sim, quando vc posta, mas não é desse jeito que está achando... eheheh!

Beijocas, querido! Fique bem!

Lomyne disse...

O problema todo é que quem administra a cidade não anda de transporte coletivo... E se/quando você estiver administrando a idade, provavelmente já vai ter esquecido como é esse inferno de ir pro trampo...

Alguém (não lembro quem) sugeriu que se alternassem os horários de expediente, com gente entrando às 8, às 9 e às 10h e saindo 17, 18 ou 19h da noite... Mas as empresas não ligam para esse tipo de coisa...

Chá de Fita disse...

AAAAHHHHHHHHHHHHHHHH
COMPARTILHO DO SEU PENSAMENTO!!!

Super Nada disse...

Jovem, a pouco tem po descobri que não adiante lutar contra os monopolios, sejam quais forem.
Aqui no rio a passagem ta um absurdo (2,10), sei de casos de cidades que a passagem é 3,00 reais, então enjoy, minha vontade é comprar logo meu carro e ajudar a poluir o mundo...

Tisserand disse...

Em Guaíba, te garanto, o transporte coletivo é muito pior.

To de casa nova, agora.

www.tisserand.wordpress.com

abraços

Camila disse...

Nossa lembrei meus tempos de CEFET... 45 minutos em lotação lotadaça!
Hshaushaushau
Muita legal o texto.
Beijo
=)

Bianca Rieth disse...

Depender de ônibus e ainda por cima lotado? Isso é dose, mas é o que enfrentamos com o nosso transporte público. Aqui em Canoas não é diferente, a Sogal domina (e junto com a Vicasa, que é tudo a mesma coisa), a cidade, sem contar que das tarifas abusivas, a maioria dos horários não são cumpridos (principalmente no meu bairro, que antigamente não era "populoso", mas agora o que mais se tem aqui é "novo loteamento", ou seja, um novo "bairro dentro do próprio bairro), e com tudo isso eles não aumentam a frota. Sem contar que, eles acham que com o transbordo (tentando o mesmo transporte de Curitiba) eles iriam melhorar a situação, mero engano, a coisa é tão desorganizada que a cada dia tens uma nova reclamação. A população já reclamou a entrada de novas empresas, mas a prefeitura do "querido" Ronchetti conseguiu dar o seu "jeitinho" e novamente a Sogal (e vicasa, tudo a mesma coisa) conseguiram a licitação, ou seja, contar com a Prefa, não rola.

Mudo de fotinh, né? ficou bala!!
beijos

Leandro BLuz disse...

bah, não sabia q a Real comprou as lotações de Esteio também ! Também pq já tinham comprado as de Sapucaia!

Todo monopólio é desprezível !

Te garanto que se houvesse uma concorrência eles melhorariam seus horários e seus serviços !

Mas a Real compra tudo, de associações de lotações a prefeitos !

E nesse ano, de eleições, o povo vota nesses prefeitos de novo !

Abraço

Nina 512 disse...

hunf, concordo plenamente.

Pedro Favaro disse...

Concordo demais.
E 5 minutos de sono~é a diferença entre um dia vivido e um dia existido pra mim...

Mary West disse...

Por isso q sempre dou um jeito de sentar no lugar das velhinhas. Hihihihihi ;)

Desarranjo Sintético

Desarranjo Sintético
"Era um grande nome — ora que dúvida! Uma verdadeira glória. Um dia adoeceu, morreu, virou rua... E continuaram a pisar em cima dele." Mario Quintana