Quem sou eu

Minha foto
Fábio e Verônica, Verônica e Fábio. Um escritor e uma musicista, pelo menos aspirantes a isso rsrs! Amantes das letras, dos sons e de tudo que é arte! Amigos acima de tudo! Fizemos esse cantinho para dividir nossas idéias e ideais aos olhos da Net!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

A histeria da copa

Gente, tudo bem que o Brasil é o país do futebol, que a copa é um momento de alegria e um instante de satisfação na vida dura de muitos de nós –brasileiros- mas eu acho que sempre acontece um exagero nesse sentido, afinal olhem só o que já está acontecendo por aqui, a copa sendo na África do Sul: todo mundo só fala em copa e copa e hã, já citei copa? As tabelas de jogos do Brasil já estão sendo comentadas há tanto tempo que acho que já decorei. Nos dias de jogos da nossa seleção o Brasil para definitivamente, não tem nada funcionando bem a não ser fora dos horários dos jogos.
Eu admito, não gosto de futebol. Mas olho os jogos de copa e olimpíadas numa boa, até torço com veemência! Quando meu irmão jogava na escolinha de futebol nos ‘fraldinhas’, pois ele só tinha uns 7 anos, eu ia nos jogos e sempre levava muitas guloseimas e com isso, o tempo até que não passava devagar e eu conseguia ver o jogo e me divertir. Meu irmão gosta de futebol tudo o que eu não gosto, assim temos um equilíbrio. Mas voltando ao assunto, tem gente que quer olhar todos os jogos, inclusive os das outras seleções, e isso já é demais para minha cabeça. Sempre penso que esses jogadores ganham fortunas enquanto eu, olhando ou não os jogos, amanhã terei de acordar cedo, e bem cedo.
E o que mais me incomoda, irrita de verdade é que a copa de 2014 aqui no Brasil já está tendo essa histeria coletiva agora. Tudo é feito “para a copa de 2014”. O presidente Lula vai dar aos policiais que farão a segurança da copa um aumento. Mas porque só agora? A segurança já não se faz necessária há tanto tempo? Outro bom exemplo é a continuação e criação de nova linha de trem aqui em Porto Alegre. Vai ser feito para a copa de 2014! Esse projeto é tão velho que virou até piada por aqui. Se não fosse a copa será que sairia do papel? E as reformas nos estádios então? Nunca seriam feitas? E outras tantas promessas. É ridículo e imundo isso.
As torcidas e em especial a brasileira já está desde agora com a expectativa da próxima copa, e montando toda uma infra-estrutura para isso. E me irrita condicionar isso, essas medidas todas, a ter ou não uma copa de futebol. E me desconcerta a união das pessoas somente para esse tipo de coisa, é como se o governo desse o circo e nós mesmos levássemos o pão, cegos e atados como bestas selvagens. Para atitudes de protesto em prol de nós mesmos, ninguém se mexe e finge que não vê, enfim, e depois ainda queremos que as coisas sejam justas, mas acho que a justiça passa por nós.

Agradecimento a Fábio Nunes de Moura pela sua contribuição. Nota expressa sua opinião. (Escrito em 10/06/2010).

4 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Eu vejo a mesma coisa, querido! Nada tenho contra o futebol, até acho legal essa alegria que envolve a copa e tudo mais... Mas o que realmente nunca vou entender, bem como vc tocou em seu post, é porque se mobiliza tudo em prol do futebol e se esquece do essencial. Futebol não é algo essencial, é apenas diversão. Mas parece que ele passa a ser prioridade e as prioridades esquecidas...

Beijocas

Ellen Lacerda (Elinha) disse...

Palmas, palmas e palmas para este texto magnífico!!
O dinheiro público que nunca dá pra nada vai proporcionar"regalias" para a copa...
E tem também o patriotismo forçado (ainda vou escrever sobre isso lá no blog...). Ninguém quer vestir no dia a dia roupas com esse verde e esse amarelo horríveis (acho que só fica bom na bandeira mesmo..), mas agora é só o que se vê nas ruas.
Será que so temos amor pelo Brasil através do futebol?
Não damos valor ao que temos, não cobramos dos políticos o que podemos ter, mas todos enchem a boca pra falar de futebol.
Amo meu país e amo sua cultura. E qual a diferença que fara na minha vida se ganharmos ou não a copa?
Quero mais e saúde educação e saneamento pro meu povo. No mínimo!!

Vc sempre dá show!
xero grande!

Vladir Duarte disse...

Tem razão, meu caro! Impressionante como surgem sentimentos nobres nas pessoas durante a copa. Sentimentos esses que deveriam ser cultivados sempre e por toda a vida... mas só aparecem de 4 em 4 anos... e não dá pra acreditar na sinceridade e honestidade de sentimentos com uma sazionalidade tão elástica!

Parabéns pelo texto! Valeu.

Andrea Pagano disse...

Olá!!!
Eu também não gosto de futebol e acho que as pessoas ficam totalmente alienadas neste periodo, insanas...Não sei exatamente o que é, mas o fato que não há outra conversa, o raciocínio fica patético e hipócrita!

Li um texto muito bom também neste blog:http://diariosdeumadesconhecida.blogspot.com/2010/06/deixando-o-sentimentalismo-um-pouco-de.html

Dá uma lida, achei-o muito bom ...Assim como o seu!

Obrigada pela visita, volte sempre...Estarei também por aqui

Bjs

Desarranjo Sintético

Desarranjo Sintético
"Era um grande nome — ora que dúvida! Uma verdadeira glória. Um dia adoeceu, morreu, virou rua... E continuaram a pisar em cima dele." Mario Quintana