Quem sou eu

Minha foto
Fábio e Verônica, Verônica e Fábio. Um escritor e uma musicista, pelo menos aspirantes a isso rsrs! Amantes das letras, dos sons e de tudo que é arte! Amigos acima de tudo! Fizemos esse cantinho para dividir nossas idéias e ideais aos olhos da Net!

sábado, 4 de julho de 2009

O Rei do Pop - Michael Jackson

Triste, muito triste com o fato de o maior artista do Pop ter deixado nós mortais, pois quem é rei, sempre será. Não faço parte das pessoas que não sabiam quase nada dele e agora sabem tanto quanto um fã. Porém não as condeno. Quem não conhecia o seu trabalho, estava perdendo um show completo de muito técnica e talento, isto mesmo um show completo, não era só produção, não era só um bom produtor por trás, não era só um figurino impecável, não era só uma dança escandalosamente perfeita, não era só ótimas letras de músicas, não era só melodia, não era só uma voz.....
Ah que voz! Perfeita para todo o contexto que ele se apresentava. Não sou fã. Mas não sou contra nenhum pouco. A expressão de "Ele é o cara" nunca caíu também. Sobre seus cds, clipes, shows, vida pessoal, o íncio de tudo.... vocês devem estar sendo bombardiados diáriamente com isto. Recomendo olharem mesmo, sem medo ou culpa de estar seguindo o que a mída mostra. Lógico que ele não era nada perfeito, mas todas as acusações, escandalos e desvios mentais (se posso chamar assim), morreram com ele, e quando for enterrado, será sepultado com ele.
Doce Michael Jackson. Para mim, uma eterna criança que não queria crescer, para os outros tantas ou iguais coisas que agora não fazem diferença. Rei é rei e sempre será.


Agradecimento a Verônica Elias pela sua contribuição. Nota expressa sua opinião. (Escrito em 03 e 04.07.2009).






17 comentários:

Robson disse...

Depois que vi uma entrevista em que ele foi bem pessoal(o cara passou alguns dias com ele documentando), fiquei bem triste.
De fato uma criança torturada no corpo de um adulto.Impressionante como a familia tem o potencial de construir e destruir alguém na mesma proporção...
Abraços

Vladir Duarte disse...

É isso aí. Pode ser muito fácil criticar e apenas enxergar o milionário esquisito, o astro pop bizarro, o nariz ou a cor de sua pele... difícil é entender porque MJ era assim, passar por tudo que passou, sentir tudo que sentiu... só os bobos se apressam em condenar os outros.
Para mim, vai ficar sempre a imagem de um grande artista, o maior artista pop do século passado.

Desarranjo Sintético disse...

Bom, eu não me senti tão afetado assim, porque não era fã realmente. E não ahco que o caráter dele era lá essas coisas. E tb não acho que seja certo fazer o que costumamos fazer com a maior hipocrisia de "santificar" quem quer que seja só pq morreu.
Acho que todos erramos, uns mais, outros menos.
Não era fã e me vi realmente bombardeado pela vida dele. Esse bombardeio em demasia me irrita, não só sendo ele, mas a mídia as vezes exagera. SE bem que no caso dele, acho que relmente merecia a homenagem! Descobri que sua infância não foi fácil e que o cara praticamente 'inventou' muitas coisas na músicas que influenciaram e influenciam artistas até hoje! Artista ele que era! Criativo! O que é, é para ser dito: ele era mesmo o rei do pop, quanto ao talento artístico que tinha, não se pode discutir!
Fica nesse post a homenagem a esse grande artista!

Abraços a todos!

feriadoantecipado disse...

só sei que o mundo perdeu alguém muito importante...curioso é ver nessas horas q a mídia, que nunca apoiou a vida do cara, que sempre pressionou, agora ta tendo grandes audiências por causa dele...é triste ver como os traumas de infância são carregados até a morte e que nem sempre são curados...é triste ver uma estrela se esfarelar e se apagar.

feriadoantecipado disse...

bah essa foto da verônica fico muito boa mesmo...parabéns ao fotógrafo...shuashuashuashua...

comme des habitudes disse...

olá. me chamo leandro e por acaso vi seu blog navegando. achei super interessante. . o meu é um misto de história, filosofia e cultura geral. se quiser pode me seguir. abraços!

Takeshi-kun disse...

Obrigado pela visita no blog ^^


Abraçoo o/

Jay e Alê disse...

Oi galera,

Obrigado pelo passeio que deram no Ká Entre Nós! O nosso blog (Jason e Alê) é um blog bem dinâmico e interativo, ali falamos de tudo e especialmente de muito amor. Vcs são sempre bem vindos.
Gostei de passar por aqui. E volto mais vezes.
E eu não sou o stripador hehehehe, sou do bem, paz e amor!
Bju nosso.
Jay

Jay e Alê disse...

Oh esqueci de comentar sobre o post. O MJ merece sim toda e qualquer homenagem. O Sensacionalismo da mídia é que nos irrita. Mas ele foi um Rei na múscia pop. Cárater, não tem nada a ver com o talento. Muita coisa foi inventado, aumentado e tals. Que ele descanse em paz!
Bju nosso.
Jay

Patrícia Kobayashi disse...

Obrigada pela visita ao Palavras, volte sempre q puder!
Que Michael descanse em paz.
bjos

comme des habitudes disse...

Rei é rei ! sem dúvida! belo texto. obrigado pelos elogios do meu blog e pela visita! vocês escrevem muito bem apareça!

abraços

leandro

Karen disse...

Concordo com vocês. Mas é incrível de que é necessário a morte, pra desembaçar a visão das pessoas! Minha mãe sempre disse: 'depois que morre a gente diz que 'era muito bom''.

É fato..

Pedro Favaro disse...

Falar é muito fácil. Ele era MUITO estranho...mas é muito fácil apontar o dedo.

Dilberto L. Rosa disse...

MJ foi e sempre será um fenômeno! Os Morcegos também falaram dele, só que menos da pessoa e mais de seu trabalho maior, "Thriller"! Abração!

Syn disse...

É bem isso mesmo. MJ foi aclamado rei do pop no seu auge, banalizado e esquecido nos anos seguintes, e finalmente julgado e criticado no fim de sua vida. Após sua morte, apagaram os julgamentos, as críticas e a banalização para aclamá-lo novamente... a pergunta é: adianta?

Um trecho da nova música da Pitty (Me Adora) diz tudo:


Você que nem me ouve até o fim
Injustamente julga por prazer
Cuidado quando for falar de mim
E não desonre o meu nome

Será que eu já posso enlouquecer?
Ou devo apenas sorrir?
Não sei mais o que eu tenho que fazer
Pra você admitir

Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber
Que você me adora
Que me acha foda
Não espere eu ir embora pra perceber

[...]

Abraços!

A Madrasta Má disse...

Fábio meu querido... será que estou apaixonada???? secret..... hahahaha Qto ao Michael, acho válida a homenagem sim!
Bjinhos da Madrasta

José Heber de Souza Aguiar disse...

"Desarranjo Sintético disse...
Sempre leio os poemas no trem (aqui no Sul tem até concurso para os melhores e o deste anos vai até 31 acho que de agosto, eu o Fábio já participamos e ele ganhou os las lotações de Esteio), e tem uns bem ruins as vezes mas este qeu tu escreveu aqui

"Tão alto vôo é o que faço
Que o medo do infinito não reluta
No giro eterno onde renasço
Porção de loucura que me transmuta."

é muito lindo mesmo, parabéns!!!!

Bjoks!!!

Verônica Elias"

*****

Olá, Verônica! Permita-me comentar seu comentário.

A internet permite ações fantásticas, como essa agora: a possibilidade de conhecer o sentimento que provoca um texto seu em que o lê. Abraço!
José Heber de Souza Aguiar www.joseheber.blogspot.com; www.josehebersa.blogspot.com

Desarranjo Sintético

Desarranjo Sintético
"Era um grande nome — ora que dúvida! Uma verdadeira glória. Um dia adoeceu, morreu, virou rua... E continuaram a pisar em cima dele." Mario Quintana