Quem sou eu

Minha foto
Fábio e Verônica, Verônica e Fábio. Um escritor e uma musicista, pelo menos aspirantes a isso rsrs! Amantes das letras, dos sons e de tudo que é arte! Amigos acima de tudo! Fizemos esse cantinho para dividir nossas idéias e ideais aos olhos da Net!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Serviço Militar Obrigatório

O que me aborrece mais nesse título é a parte do “obrigatório”.

Não sei e não entendo porque tem que ser obrigatório. Quanto foi minha vez de ter que comparecer à obrigação, foi um terror. Sofri praticamente um ano antes de ter que ir ver se servia ou não. Eu não queria. E para que ia querer? Eu até já trabalhava. Não queria pelo dinheiro e a carreira não me agradava em absoluto. E, como eu muitos guris não querem seguir esse caminho. Porque se não é pelo dinheiro (mesmo se eu tivesse desempregado eu não encararia apenas pela grana, é uma questão de gosto e eu realmente não gosto da área, como não gosto de mecânica), e se a pessoa tem outra carreira em mente, um ano dentro do serviço militar é uma tremenda perda de tempo. Sem contar que os boatos que rolam por aí sobre o abuso de poder lá dentro contra os novatos e outros abusos não instigam em nada quem não quer entrar. Quanto ao pensamento de que o exército torna a pessoa disciplinada, até concordo, mas isso não é regra para todos, afinal sempre me considerei um cara com disciplina, e para isso não precisei acordar todo dia as 4 da madruga faça chuva ou sol e receber treinamentos para guerra, etc. etc. Esse tipo de coisa, para mim, só ia fazer mal, estar lá contra a vontade, com pessoas estranhas, fazendo o que eu não gosto, só ia me deprimir, me fazer ter uma repulsa maior ainda por ter sido obrigado a fazer o que não quero. Eu sou totalmente adepto de “se trabalhar no que se gosta”, acho que isso que leva a pessoa à eficácia!

Esses tempos estava conversando com amigos do por que da obrigatoriedade, que na minha opinião devia cessar, que fosse servir quem quisesse. Daí me disseram que era obrigatório porque em caso de guerra o Brasil precisava ter gente treinada para isso. Bom, mesmo assim mantive minha opinião, afinal, para começar, se o mundo entrasse em guerra, certos países (leia-se o maldito dos estados unidos) poderiam bombardear e acabar com o mundo assim ó: num estalar de dedos ( e todos os coitados que estavam se matando de treinar, realmente teriam sido mortos treinando ahahahahh). Agora caso, numa hipótese vaga, a guerra fosse prolongada por mais de 3 dias, por total compaixão pelo planeta, pelo patriotismo mundial dos americanos e de quem mais se metesse na tal da guerra, e o Brasil fosse poupado, ou se aliasse de um lado que permitisse sobreviver por mais de 72 horas, não creio que seja necessário utilizar gente na guerra, que simplesmente detesta o cargo, só porque têm 18 anos ou próximo disso, serão obrigados a guerrear...ridículo...e isso só até um país por aí resolver acionar uma coisa mais bélica e brutal...desperdício de tempo.

E me digam: porque não se pode utilizar somente quem quer participar do serviço militar, pelo que sei, os números são bem divididos, de todo mundo que vai para servir, metade quer, metade não, e não tem lugar para todo mundo. Então em vez de fazer uma seleção ridícula, do tipo como foi a do meu irmão, totalmente na sorte, cada um indo para um lado, aleatoriamente, e quem ficasse de um ia, quem ficasse do outro, não. Assim, sem critério nenhum. Se precisam de um número ‘X’ de pessoas, e somando-se todos que querem, ainda faltar, aí sim, que peguem quem não quer, por sorteio que seja, mas se tiver gente suficiente, para que submeter os outros a esse martírio, a essa perca de tempo desnecessária? Aí está uma solução simples, não acham?

Bom, eras isso. Abraços a todos...Desculpe a ausência por aqui...o trabalho andou tomando muito o meu tempo nas últimas semanas...Obrigado a todos os que passam por aqui, tenho um carinho todo especial por vocês!


Agradecimento a Fábio Nunes de Moura pela sua contribuição. Nota expressa sua opinião. (Escrito em 16/09/2009).

11 comentários:

Vladir Duarte disse...

Fábio, essa obrigatoriedade também não me agrada, ou agradou, na época dos meus dezoito anos.

Entretanto, a obrigatoriedade do alistamento, ainda que a maioria seja dispensada do serviço militar, é tão somente para se ter uma espécie de cadastro. Daí, em tempo de guerra, se o contingente das forças armadas não for suficente, os reservistas vão sendo convocados. Assim acontece também no maldito dos EUA... só que lá, como eles vivem em guerra, os reservistas vivem sendo chamados.

De qualquer forma, num país pobre como o Brasil, a obrigatoriedade tinha mesmo que acabar, pois acredito que não vai faltar gente interessada no rango e na grana do serviço militar.

Valeu.

Dama de Cinzas disse...

Oi querido!

Eu acho isso de serviço obrigatório uma palhaçada, uma chateação na vida do homem, ainda mais do jeito que são feitas as guerras nos dias de hoje.

Uma época andei com um grupo de amigos gays e alguns deles estavam nessa fase de se alistarem. Coitados, que drama, que humilhação pra alguns que tinham que ir lá. Um deles até febre nervosa teve.

Sua opinião é a minha!

Beijocas

feriadoantecipado disse...

ooi fabio...concordo!...tanta gnt por aí q ñ tem estudo, ñ tem fonte de renda...tem q colocar quem precisa...mas com relação ao teatro mágico a entrada pra estudante é 5 pila...fala com a tua amiga e vão...eu vo tmb, ja comprei o meu...tem q comprar lah no SESC de são léo...

abraços...

Jay e Alê disse...

Eu nunca gostei dessa obrigatoriedade, se eu tivesse que ir acho que teria morrido... hauhauhu.
Abraço seus sumidinhos kkkk

...vdj... disse...

Me alistei com 18 anos e me apresentei com 19 anos no último dia e ainda cheguei atrasado! É fácil perceber que eu não queria "servir" ao exército.

Os boatos que você falou são fatos. Existe sim autoritarismo lá dentro e os reles calouros sofrem sim durante o período de estada. Alguns não aguentam e saem antes da hora e outros saem de lá revoltados com o tratamento interno.

Escapei de ser chamado, uma vez que obrigatoriedade só traz revolta. NÃO ao alistamento obrigatório, assim como sou contra o voto obrigatório nas eleições!


[]'s
.
.
.

Alysson-Syn disse...

Quando fiz os 18 anos ainda morava na minha pequena cidade do interior, e lá é costume se alistar só por necessidade legal mesmo, TODOS os que lá se alistam tem a consciência de que serão reservistas. E só os que realmente querem seguir carreira militar é que procuram e batalham seu lugar... em síntese, uma maravilha, né? A plena liberdade de escolha!!!

Por isso nem cheguei a sofrer com a possibilidade de prestar o (autoritário) serviço militar. Que sorte a minha, porque eu dificilmente iria admitir abuso de autoridade ou a famosa "tirania" militar, e eu tenho um certo receio dos hematomas que isso poderia me trazer! hehehe

Abração pros 4! =D

Max Psycho disse...

No Brasil é sempre esta porcaria, já começa pelo direito obrigatório de votar, realmente não da pra entender, abrass

Ryan disse...

Retribuindo a sua visitinha e agradecendo aos votos de parabéns!

Sou bem crítico quando se trata das Forças Armadas Brasileira. Ainda acho uma grande pela nosso País bão ter um histórico Cultural vivo das forças armadas. Muita gente nem sabe que o Brasil Participou da segunda guerra mundial! De fato, nosso país tem um nível de pacifissidade enorme!

Mas voltando um pouco mais ao tema do texto, acredito que deva ter obrigatoriedade com relação ao alistamento. Acredito também que funciona diferentemente os aspectos de seleção das bases militares! Eu por exemplo, quando me alistei recebi um cartão com 12 quadrados no verso onde eramos testados, avaliados e se aprovados ganhavamos uma carimbada! Eu nunca quis servir porque não tinha vontade para isso... Assim como foi explicado no texto. Mas os critérios de seleção eram realmente bons! Eram selecionados aqueles que realmente tinham a capacidade de combate, capacidade intelectual para desenvolver as tarefas administrativas e entre muitas outras! Fiquei maravilhado com a forma que eram escolhidos os "soldadinhos". No final das contas eu recebi míseros 11 carimbos dos 12! Graças a Deus não fui chamado...

Mas o serviço militar é importante e precisa de gente capacitada e bem selecionada assim como nossa polícia, nossos médicos, nossos professores! O poder é uma pilastra fundamental para qualquer estado. Acho que o Lula despertou para isso depois que os EUA resolveu colocar bases militares por aqui! Um país Continental com o nosso precisa urgentemente investir em seu poder bélico! Não para competir com EUA ou outros países que são bem mais desenvolvidos que nós... Mas no mundo existem muitos outros que por menor que sejam, podem fazer um grande estrago por aqui! Principalmente nossos vizinho...

Jay e Alê disse...

Fábio,
Obrigado por compartilhar sua opinão comigo.
Grande abraço e bom fim de semana tb
Alê

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Oi Fábio, estou passando por aqui para agradecer a sua visita lá no meu humilde espaço. Concordo com voce em partes... Quanto a ser obrigatório...no brasil, tudo é obrigatório, começando pelo voto...e onde leva essa obrigatoriedade toda? desculpa, mas para mim a nada...absolutamente nada...corrupçao, desrespeito e decadência do nosso povo.
Eu moro há muito anos no "maldito dos estados unidos" como voce diz, mas eu queria te contar umas coisinhas daqui se voce me permite... Aqui cada pessoa quando nasce, ganha um número, não existe certidão de nascimento, RG, certificado de alistamento, nem nada... apenas esse número que eu te falei que chamamos SOCIAL SECURITY. Através desse número, voce é contado como um cidadão americano. Eles não te obrigam a nada...nao te obrigam a votar, não te obrigam a se alistar...você faz se voce quiser. Claro que eles dão vários benefícios a quem se interessa pelo ingresso no exercito americano justamente para que possa haver um certo interesse né? Os reservistas que sao convocados são os que foram de livre e espontanea vontade se inscreverem, por ai voce imagina como americano é patriota né? Eu tenho um filho de 20 anos agora e nem sonho um dia ele coagitar em entrar pro exército...eu tenho um treco antes...kkk... (batendo na madeira aqui)..kkkk.
Agora,voltando ao brasil, eu assino embaixo em tudo o que voce escreveu...
Beijos para voces que estão fazendo um lindo trabalho aqui no blog
Marcia

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Fábio, esqueci de falar...eu linkei voces no meu bloguito...tudo bem né? rsrsrrs
Bjinhos
Marcia

Desarranjo Sintético

Desarranjo Sintético
"Era um grande nome — ora que dúvida! Uma verdadeira glória. Um dia adoeceu, morreu, virou rua... E continuaram a pisar em cima dele." Mario Quintana